Coisas Interessantes

  • Trabajadores de arte - Iniciativa colaborativa latinoamericana, iniciada en 2012, para un acuerdo que regule las relaciones laborales en arte.

  • Supamodu -  Revista online que explora filmes independentes, arte, música e livros de todo o mundo. Mapeando a cultura mundial desde 2018.

  • Chão de Feira - As Edições Chão da Feira publicam textos nos quais o desejo de ver, sentir, ler e escrever é também reafirmação de esperança política: o improvável existe, o desconhecido se espraia, o futuro lhes pertence e é inegociável.

  • Desembola Decor - A proposta é desembolar a decoração do seu espaço com a sua cara, prezando economia e comodidade.

  • Curadoria - Mulheres negras na curadoria de museus rejeitam visão eurocêntrica da arte.

  • Feminismos Plurais - A Coleção Feminismos Plurais, coordenada por Djamila Ribeiro, destina-se à disseminação de conteúdo crítico produzido por pessoas negras, sobretudo mulheres, a preço acessível e linguagem didática, como forma de construir instrumentais para compreender a realidade e debates profundos no país. 

  • Little Inventors - Organização educacional criativa que inspira a imaginação ao levar a sério as ideias incríveis das crianças.

  • ARTE ‘DESDE’ AMÉRICA LATINA. IDENTIDAD, (...) - "A los países latinoamericanos les cuesta trabajo reconocerse como multinacionales, porque las burguesías criollas blancas que los forjaron construyeron los proyectos de nación mediante relatos de identidad totalizadores basados en la ideología del mestizaje, que disfraza la diversidad étnica y la marginación social de grandes grupos."

  • Arte e Identidade na América Latina - Em congressos, seminários e encontros sobre o tema, críticos e teóricos da arte, com diferentes posicionamentos, têm concordado em um ponto: a urgência de um ideário para a crítica de arte que possa revelar o próprio da nossa arte.

  • PORQUE NÃO HOUVE GRANDES ARTISTAS TRAVESTIS? - por Agrippina R. Manhattan.
    O estudo visa investigar as relações estabelecidas pelos corpos que escapam da heterocisnormatividade (não-binários, travestis e transgêneres) e suas posições durante a história da arte.

  • Valorização da arte produzida por negr.s - Alguns dizem que a valorização da arte negra é uma tendência, mas a arte negra em si não é mais uma tendência (...). Faz parte da cultura mundial, da história da arte, e a história está sendo feita todos os dias.